Café Verde Emagrece? Análise Completa

Analisei a fundo o café verde em capsulas: para que serve, benefícios, emagrecimento, onde comprar e muito mais.

Inicialmente vamos dar algumas informações gerais sobre o café verde e depois vamos listar os diversos benefícios para quem os consome.

Os grãos de café verde são sementes de café que ainda não foram assadas. O processo de assar grãos de café reduz as quantidades de ácido clorogênico químico. Portanto, os grãos de café verde possuem um nível mais alto de ácido clorogênico em comparação com os tradicionais grãos de café assados ​​regularmente.

Existe um consenso de que o ácido clorogênico no café verde tem benefícios para a saúde.

O café verde tornou-se popular para a perda de peso depois de ter sido mencionado em 2012 num programa de TV nos Estados Unidos chamado: Show do Dr. Oz. Esse programa referiu-se a ele como “O grão de café verde que queima gordura rapidamente” e afirma que não é necessário exercícios ou dieta.

As pessoas tomam café verde por via oral para obesidade, diabetes, hipertensão arterial, doença de Alzheimer e infecções bacterianas.

Café Verde x Preto

O café verde é aquele que não passou pelo processo de torrefação – é justamente nessa etapa que a bebida recebe aquele aroma e sabor agradável que facilita e muito na degustação. O extrato do fruto “cru” não é saboroso. Por isso, é ingerido e comercializado apenas em formato encapsulado, encontradas em lojas específicas.

Existem mais diferenças com relação café preto. Por exemplo: contém uma dosagem mais elevada de cafeína e grande concentração de ácido clorogênico (justamente é esse elemento que é destruído durante o processo de torrefação).

Os especialistas afirmam que é justamente essa a substância por trás do emagrecimento. De acordo com um estudo da Universidade americana, a pessoa que consome até três cápsulas de 400 mg a cada dia ( meia hora antes do café da manhã, almoço e jantar) diminui em até 10% o peso do corpo em 60 dias. Isto é, de forma exemplificativa, uma pessoa de 70 kg poderia eliminar até 7 kg em 2 meses graças ao consumo do extrato de café verde.

A ação no organismo

“O ácido clorogênico não permite que o organismo use o açúcar contido no alimento que consumimos como fonte de energia. Então isso faz com que o corpo seja obrigado a utilizar a energia do próprio repositório de gordura”, explica a médica nutróloga e diretora da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran).

Praticamente, além de inibir o aumento de gordura localizada, a substância também auxilia na regulação dos níveis de glicose no sangue (um dos motivos pelo qual o café verde tem sido incentivado para pacientes portadores da diabetes para auxiliar no tratamento dessa enfermidade.

Segundo a nutricionista Roseli Rossi, a cafeína é outro importante fator a ser levado em consideração no processo de emagrecimento (perda de peso). “A ação termogênica dessa substância é importante por estimular o metabolismo”, conclui a especialista.

Por mais que seja um aliado eficaz, é necessário informar que as cápsulas não fazem o “trabalho” sozinhas. “Elas de fato potencializam a dieta alimentar, apressando os resultados, mas apenas se atuar como coadjuvante de uma rotina equilibrada e saudável que contenha exercícios físicos e alimentação balanceada”, ressalta a nutricionista Flávia Morais.

Avaliação

Embora seja natural e não necessite de recomendação médica, o consumo contínuo pode agravar casos de hipertensão, úlcera, gastrite e insônia – então, melhor checar com seu médico ou nutricionista a indicação de uso para você.

E aqui vale uma informação muito importante: por mais que existam diversos locais que comercializam cápsulas de café verde, como o Mundo Verde, a maioria não possui a concentração necessária para ajudar a emagrecer. Depois de muita pesquisa, descobri o único produto confiável que possui toda sua formulação 100% natural que se chama green coffee turbo.

Como funciona?

Os grãos de café verdes são grãos de café que ainda não foram assados.

Estes grãos de café contêm uma maior quantidade de ácido clorogênico químico.

Este produto químico é pensado para ter benefícios para a saúde.

Para a pressão arterial alta pode afetar os vasos sanguíneos para que a pressão sanguínea seja reduzida.

Para a perda de peso, o ácido clorogênico no café verde é pensado para afetar a forma como o corpo lida com açúcar no sangue e metabolismo.

Usos e Efetividade

Existe evidências, embora reais, mas pequenas, as seguintes efetividades durante a utilização:

Pressão alta.

Pesquisas iniciais sugerem que tomar extratos de café verde contendo 50 mg a 140 mg de ácidos clorogênicos diariamente durante 4 semanas a 12 semanas pode reduzir a pressão arterial em adultos japoneses com pressão arterial elevada leve e não tratada.

A pressão sanguínea sistólica (o número superior) parece ser reduzida em 5 mmHg a 10 mmHg. A pressão arterial diastólica (o número inferior) parece ser reduzida em 3 mmHg a 7 mmHg.

Obesidade.

Pesquisas iniciais mostram que os adultos com obesidade que tomam um extrato específico de café verde numa quantidade de cinco vezes ao dia durante 8 semanas a 12 semanas, sozinhos ou em conjunto com o produto de café regular, perdem em média de 2,5 a 3,7 kg de peso maior do que as pessoas que tomam um café placebo ou tradicional por si só.

Doença de Alzheimer, Diabetes tipo 2 e Outras condições.

Mais evidências são necessárias para avaliar o café verde para esses usos.

*essas informações você pode encontrar no site em inglês:

Efeitos colaterais e segurança

O café verde é seguro quando tomado adequadamente. Os extratos desta semente verde tomados em doses de até 480mg por dia foram utilizados com segurança por até 12 semanas. Além disso, um extrato específico de café verde (Svetol, Naturex, South Hackensack, NJ) foi usado com segurança em doses de até 200 mg cinco vezes ao dia por até 12 semanas.

É importante entender que o café verde contém cafeína, semelhante ao café normal. Portanto, o café verde pode causar efeitos colaterais relacionados à cafeína, como o café.

A cafeína pode causar insônia, nervosismo e agitação, dor de estômago, náuseas e vômitos, aumento da freqüência cardíaca e respiratória e outros efeitos colaterais. Consumir grandes quantidades de café também pode causar dor de cabeça, ansiedade, agitação, zumbido nos ouvidos e batimentos cardíacos irregulares.

Precauções especiais e advertências:

Gravidez e aleitamento: não há informações confiáveis ​​suficientes sobre a segurança de tomar café verde se estiver grávida ou amamentando. Fique no lado seguro e evite usar…

Níveis anormalmente elevados de homocisteína: o consumo de uma dose elevada de ácido clorogênico por uma curta duração causou aumento dos níveis plasmáticos de homocisteína, que pode estar associada a condições como doença cardíaca.

  • Transtornos de ansiedade:

A cafeína no café verde pode piorar a ansiedade.

  • Distúrbios hemorrágicos:

Existe alguma preocupação de que a cafeína no café verde possa piorar os distúrbios hemorrágicos.

  • Diabetes:

Algumas pesquisas sugerem que a cafeína contida no café verde pode mudar a forma como as pessoas com diabetes processam o açúcar.

Foi relatado que a cafeína causa aumentos, bem como diminuição do açúcar no sangue. Use a cafeína com cuidado se tiver diabetes e monitorar cuidadosamente o nível de açúcar no sangue.

  • Diarreia:

O café verde contém cafeína. A cafeína no café, especialmente quando tomado em grandes quantidades, pode piorar a diarreia.

  • Glaucoma:

Tomar cafeína que está contida no café verde pode aumentar a pressão dentro do olho. O aumento começa dentro de 30 minutos e dura pelo menos 90 minutos.

  • Pressão arterial elevada:

Tomar cafeína no café verde pode aumentar a pressão arterial em pessoas com hipertensão arterial. No entanto, este efeito pode ser menor em pessoas que consomem cafeína de café ou outras fontes regularmente.

  • Colesterol elevado:

Certos componentes do café não filtrado demonstraram aumentar os níveis de colesterol. Esses componentes também podem ser encontrados em café verde. No entanto, não está claro se o café verde também pode causar níveis elevados de colesterol.

  • Síndrome do intestino irritável (IBS):

O café verde contém cafeína. A cafeína no café, especialmente quando tomado em grandes quantidades, pode piorar a diarréia e pode piorar os sintomas do IBS.

  • Osteoporose:

A cafeína do café verde e outras fontes podem aumentar a quantidade de cálcio que é lavada na urina. Isso pode enfraquecer os ossos. Se você tem osteoporose, limite o consumo de cafeína para menos de 300 mg por dia (aproximadamente 2-3 xícaras de café normal).

Fazer suplementos de cálcio pode ajudar a compensar o cálcio perdido. As mulheres pós-menopáusicas que têm uma condição hereditária que as impede de processar a vitamina D normalmente, devem ser especialmente cautelosas ao usar cafeína.

Dosagem de café verde

A dose adequada de café verde depende de vários fatores, como a idade do usuário, a saúde e várias outras condições. Neste momento, não há informações científicas suficientes para determinar uma gama adequada de doses para o café verde (em crianças e adultos).

Tenha em mente que os produtos naturais nem sempre são necessariamente seguros e as dosagens podem ser importantes.

Certifique-se de seguir as instruções relevantes sobre os rótulos do produto e consulte seu farmacêutico ou médico ou outro profissional de saúde antes de usar.

Onde Comprar Café Verde em Capsulas?

Não é difícil encontrar capsulas de café verde para comprar. Contudo, existem poucas capsulas confiáveis no mercado.

A maioria é puro placebo e/ou possuem quantidades insignificantes dos principais ingredientes desse poderoso aliado na alimentação.

O único que confio foi testado e aprovado por diversos consumidores, pois além de possuir uma alta quantidade concentrada em cada capsula, possui depoimentos de pessoas que realmente usaram e tiveram resultados incríveis.

Clique aqui para acessar a página oficial do produto original.

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!